Vale do Silício Brasileiro Blue Edtech

O Vale do Silício é Aqui!

Desde que o setor de Tecnologia da Informação (TI) saiu da garagem, muito se fala de Inovação e Empreendedorismo. E o centro desse hype no mundo ficou conhecido como Vale do Silício, localizado na Baía de São Francisco, na Califórnia (EUA), por abrigar muitas startups e empresas globais de tecnologia. Apple, Facebook, HP, Microsoft e Google são algumas das empresas mais conhecidas e que são sediadas por lá. Mas o Vale do Silício também é aqui.

Mas, hoje, o mundo não gira mais apenas em torno das tendências lançadas pelo Vale do Silício, apesar de ele manter sua importância e relevância no mundo de TI.

Outros polos foram sendo criados e, atualmente, são tão formidáveis quanto o Silicon Valley norte-americano. Japão, Coreia do Sul, Singapura, Suécia e Reino Unido, são alguns deles. E no Brasil, já encontramos experimentos e locais onde fervem a inovação e o empreendedorismo na área de Tecnologia.

No mapa dos “Vales do Silício” do Brasil, estão São Paulo, Campinas, São José dos Campos e Ribeirão Preto (SP); Belo Horizonte e Santa Rita do Sapucaí (MG); Florianópolis (SC); Porto Alegre (RS); e Recife (PE).

Mas o que é um Vale do Silício?

O nome vem do elemento químico Silício (Si), matéria-prima de componentes eletrônicos como chips e condutores, encontrada em abundância na região do estado da Califórnia (EUA). Mas seu significado transcendeu o do elemento químico e se tornou sinônimo de Inovação e Tecnologia.

Atualmente, o modelo do Vale do Silício norte-americano é replicado em diversos lugares que querem atrair investimentos e impulsionar o desenvolvimento de empresas e startups de tecnologia. O que acaba exigindo um fluxo constante de mão de obra especializada em desenvolvimento de softwares e aplicativos, análises de dados, programação, entre outros.

Aqui no Brasil, a escassez de profissionais de TI já é vista como um dos obstáculos na criação de Vales do Silício locais. Segundo estudo da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), até 2024, a busca por profissionais com habilidades digitais chegará a 70 mil pessoas por ano no país, mas o número de formados na área será de apenas 46 mil ao ano.

O cenário é reforçado por um levantamento do LinkedIn, que mostra que 9 das 10 profissões mais buscadas na plataforma são de tecnologia. Sendo que entre as habilidades mais buscadas nesses profissionais estão as soft skills e competência comportamentais:

AS HABILIDADES MAIS VALORIZADAS

  1. Comunicação
  2. Gestão de negócios
  3. Resolução de problemas
  4. Ciência de Dados
  5. Gestão de tecnologias de armazenamento de dados
  6. Suporte técnico
  7. Liderança
  8. Gerenciamento de Projetos
  9. Aprendizado online
  10. Aprendizagem e desenvolvimento de funcionários

Apesar dos desafios, o Brasil é uma das grandes promessas globais em Inovação. Sendo que o país já serviu de celeiro para diversos ‘unicórnios’, denominação para startups avaliadas em pelo menos 1 bilhão de dólares como o NuBank, PagSeguro, iFood, Movile, e uma das mais recentes, a MadeiraMadeira.

Nós da Blue, acreditamos no potencial do povo brasileiro para colocar o país na rota das empresas mais inovadoras do mundo. Mas, para isso, o caminho é sem dúvida alguma a educação. Venha conhecer nossos cursos e prepare-se para fazer parte da nova geração de profissionais de Tecnologia do Brasil!

Posts relacionados

Mercado de Trabalho: O que é lógica de programação?

Mercado de Trabalho: O que é lógica de programação e sua importância na carreira de profissionais de TI

Lógica de Programação nada mais é do que a maneira como são inscritos os programas de computador. Essa escrita é chamada de Algoritmos, que são as sequências de ações a serem executados por um software para obter um determinado objetivo ou executar uma tarefa. Ou seja, Lógica de Programação é a linguagem utilizada pelos computadores. […]

Resiliência no mercado de TI – O que é resiliência na prática?

Mercado de TI: o que é resiliência na prática?

Nem pandemia e crises econômicas parecem parar o crescimento do mercado de Tecnologia da Informação (TI). Muito pelo contrário, conforme novos desafios e problemas vão surgindo, aqui ou do outro lado do mundo, mais nos voltamos para o uso da tecnologia no nosso dia a dia, seja em casa ou no trabalho. E com o […]