Power Skills: a combinação entre Soft e Hard Skills

Power Skills: a combinação entre Soft e Hard Skills

O mercado de trabalho está em constante atualização, principalmente após a pandemia do coronavírus, as novas tecnologias e propostas nos formatos de trabalho. Um ótimo exemplo é o modelo de trabalho remoto, conhecido também como home office, onde o colaborador presta seus serviços da própria casa ou então o sistema híbrido, em que o colaborador presta o serviço tanto em casa, quanto na empresa.

Essas alterações trouxeram também uma nova visão para as competências essenciais em ambiente de trabalho, que envolvem não só habilidades técnicas, mas principalmente, as habilidades comportamentais desses colaboradores. Por isso, é preciso estar atento às soft skills – ou power skills, que são as habilidades comportamentais e pessoais que fazem parte do perfil profissional de colaboradores.

Hard skills e soft skills: o que são? 

Hard skills são as habilidades técnicas que podem ser aprendidas e comprovadas, como faculdades, pós graduação e cursos, por exemplo. Já as soft skills, são as habilidades comportamentais, que envolvem traços da personalidade e habilidades sociais de uma pessoa. Elas, separadamente, são extremamente importantes, mas a junção de ambas estão cada vez mais em evidência no mercado de trabalho. Por isso, áreas de RH e gestores estão em constante análise dos candidatos com as habilidades das duas vertentes.

E power skills? Qual é o conceito?

Hard skills e soft skills são termos já bastante utilizados e conhecidos no mercado de trabalho, porém, de uns tempos para cá, o termo power skills vem ganhando evidência e cada vez mais força.

A transformação digital trouxe, além de melhorias na produtividade de uma empresa, a maior necessidade de profissionais que tenham hard skills e soft skills aflorados. Ou seja, não basta apenas ter conhecimentos técnicos muito bons, mas também a habilidade de comunicação, gestão e bom relacionamento.

Ou seja, power skills é o conjunto de habilidades – hard skills e soft skills – que as empresas mais modernas estão procurando no mercado de trabalho. Um profissional que saiba, o arroz com feijão da sua profissão, mas que saiba também resolver problemas, encontrar soluções efetivas, trazer inovações em processos e ter inteligência emocional.

Competências de hard skills e power skills

Exemplos de Hard Skills:

  • Graduação e pós-graduação
  • Cursos de especialização
  • MBA
  • Cursos de línguas estrangeiras, como inglês e espanhol, por exemplo;
  • Conhecimento em dados, softwares, sistemas e outras plataformas de uso habitual no mercado corporativo
  • Certificações como, por exemplo, de marketing digital

Exemplos de Soft Skills:

  • Inteligência emocional
  • Facilidade organizacional
  • Pensamento criativo e crítico
  • Facilidade em tomar decisões assertivas
  • Comunicação transparente e objetiva
  • Resiliência para enfrentar desafios

Qual a importância das power skills para a construção da sua carreira?

Investir em hard skills ainda é essencial para uma carreira de sucesso, mas, o investimento não deve ser exclusivo somente nessa modalidade. Como visto acima, o conjunto é importante para que você se destaque no mercado de trabalho e consiga uma oportunidade mais qualificada.

Pensando na preparação profissional dos alunos, a Blue divide, entre três ciclos, desde a primeira semana de aula, conteúdos hard skills e power skills. Por isso, ao final dos cursos, o aluno estará apto para desenvolver autoconhecimento para compreensão de pontos fortes, habilidades e interesses; dicas sobre oratória, liderança e gestão de equipe e carreira; construção de currículo atrativo, presença ideal no LinkedIn e aprimoração do inglês técnico utilizada na área de TI.

CLIQUE AQUI e seja um Bluemer!